20 de janeiro de 2013

Sobre a Intuição - Osho

"A intuição é um fenômeno totalmente diferente da razão. 
A razão argumenta, ela usa um processo para chegar à conclusão. 

A intuição dá um pulo – um salto quântico. Ela desconhece o processo. Ela simplesmente chega à conclusão sem nenhum processo.

Existiram muitos matemáticos capazes de solucionar qualquer problema matemático sem passar por nenhum processo. O funcionamento deles era intuitivo. 
Você simplesmente dizia o problema e antes que você tivesse acabado de dizer, eles chegavam à solução. 
Não existia nem um hiato de tempo. 
Você estava dizendo a coisa, e quando você acabasse, ou até mesmo antes de acabar, a conclusão surgia.
 A comunidade de matemáticos sempre ficou intrigada com esse fenômeno caprichoso. Essas pessoas.. como eles fazem isso? 
Se um matemático estava se propondo a resolver um problema, podia precisar de 3 horas, 2 horas ou 1 hora. Mesmo um computador iria precisar de alguns minutos para fazê-lo, mas essas pessoas não precisam de um único minuto. Você diz o problema e elas instantaneamente….

Nós corrompemos a intuição. A intuição masculina está quase completamente corrompida. 
A intuição da mulher não está tão corrompida. Eis porque a mulher tem esse algo mais chamado pressentimento. 

Um pressentimento é um fragmento de intuição. Ele não pode ser provado. Você vai pegar um avião e a sua mulher simplesmente lhe diz que não vai, e que não vai permitir que você vá. 

Ela sente como se algo fosse acontecer. No momento isso parece não fazer sentido. Você tem muito trabalho a ser feito, tudo foi planejado, e você precisa fazer essa viagem – mas a sua mulher não deixa você ir. No dia seguinte você vê no noticiário que o avião explodiu ou que bateu em outro e que todos os passageiros morreram.

A mulher não pode te dizer como ela sabe. Não há como. É apenas um pressentimento, um sentimento nas vísceras. Mas isso também está corrompido, eis porquê é apenas um flash. 

Quando você abandonar essa fixação na razão, a intuição começará a fluir. 
Vai passar a ser uma fonte constantemente disponível. 
Você poderá fechar os seus olhos, mergulhar nela, e encontrar sempre a direção mais apropriada a você."
Osho em Sufis: The People of The Path

** 
Somos mesmo seres multidimensionais. 
Uma das mais belas dimensões, é a Intuição.
Alguns já nascem com ela plenamente desenvolvida, mas a grande maioria vai se abrindo, vai maturando a sua intuição ao longo da vida.

A idade madura, muitas vezes é uma aliada neste processo. Vamos ficando menos racionais, mais relaxados, e a intuição pode ir se revelando pouco a pouco. 
A maternidade também, nas mulheres, é um momento em que percebemos a dimensão da intuição se abrindo fortemente.

A intuição é uma meta-comunicação. Uma pré-visão, além da lógica. Não precisamos estar próximo de alguém para senti-lo, nem precisamos estar no mesmo ambiente. Aquela informação chega de sobressalto, nos toma por completo, e simplesmente sabemos. Sabemos algo, sem nenhuma explicação, sabemos de algo. Isso basta.

Somos todos a mesma Consciência Onipresente, somos múltiplas manifestações do mesmo Oceano, logo, tudo já está interligado, conectado aqui e agora; basta que a razão não atrapalhe e queira colocar divisões, separações, lógica e explicação em tudo, para que a flor da intuição se revele a cada um de nós. 

A intuição é a flor do Amor se abrindo ao Divino, à Não dualidade.
Mergulhados no oceano da Consciência, nos é revelada essa íntima conexão. Nos abrimos para a experiência da Unicidade, da Intuição, já que Somos todos a mesma Pura Presença.
Que possamos mais e mais realizar essa Verdade, em cada um dos nossos corações e em nossas vidas.
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails